quarta-feira , 19 janeiro 2022

Vacinação contra Covid-19 no Brasil pode começar em dezembro ou janeiro, diz Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Foto: Reprodução/CNN Brasil

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou, nesta quarta-feira (9), que a vacinação em massa no Brasil contra a Covid-19 poderá começar ainda neste mês de dezembro ou em janeiro, com o imunizante produzido pela Pfizer/BioNTech. A declaração foi dada em entrevista à CNN Brasil.

De acordo com o ministro, o início da vacinação vai depender dos pedidos de uso emergencial por parte das empresas e da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Se a Pfizer conseguir autorização emergencial e nos adiantar alguma entrega, isso pode acontecer entre o final de dezembro e janeiro em quantidades pequenas, que são de uso emergencial. Pode acontecer com a Pfizer, com o Butantan ou com a AstraZeneca”, disse o ministro.

“Se chegar em janeiro o registro teremos doses da Pfizer e da AstraZeneca e o Butantan também se conseguir”, acrescentou Pazuello, informando que, no momento, o País tem garantidas 15 milhões de doses da vacina da AstraZeneca e 500 mil da Pfizer.

“É bem provável que entre janeiro e fevereiro estejamos vacinando a população brasileira”, disse Pazuello.

Plano Nacional de Imunização
O ministro ainda adiantou que o plano de imunização do Brasil contra a Covid-19 foi montado com vários grupos temáticos durante três meses. “O plano faz parte do Programa Nacional de Imunização (PNI) e já está com seus grupos definidos: idosos, pessoas com comorbidade e profissionais de saúde. Existe uma sequência exata desses grupos”, disse Pazuello.

O plano tem toda a logística montada. “O nosso PNI já é o maior programa nacional de imunização do mundo. Temos essa expertise, o SUS trabalha de forma tripartite com estados e municípios, cada um já tem sua função dentro deste programa”, acrescentou o ministro.

Pazuello ainda ressaltou que as doses da vacina serão distribuídas por malhas rodoviária e aérea. Para isso, contratos estão em fase de finalziação com companhias aéreas.

“Os estados recebem, fazem as ações nas capitais e fazem a distribuição no interior, para os municipios, que executam a vacinação. O plano envolve os três níveis de governo, o que faz com que as velocidades das ações seja a mais rápida possível. É o plano para manter o Brasil imune do coronavírus de forma nacional. Nosso país jamais será dividido”, completou Pazuello.

Veja Também

Canhotinho-PE: Covid-19 – Município inicia a vacinação de crianças de 05 a 11 anos, com comorbidades, nesta quinta-feira (20)

O município de Canhotinho, no Agreste de Pernambuco, vai iniciar a vacinação contra a Covid-19 …

Canhotinho-PE: Com armações a partir de R$ 49,90, a C&C Ótica realiza seu próximo exame de vista no dia 23/01

A C&C Ótica estará realizando mais uma sessão de exames de vista. Os exames serão …

Covid-19: Cachoeirinha inicia vacinação de crianças menores de 11 anos nesta terça-feira

Inicialmente serão vacinadas as crianças com comorbidades e/ou deficiência permanente e será necessária apresentação de …

Canhotinho-PE: Lar Espírita acolhe diariamente dezenas de crianças – Saiba como você pode estar ajudando!

O Lar Espírita André Luiz (LEAL), localizado no município de Canhotinho-PE, está precisando de sua …

Polícia prende suspeito de matar menina Beatriz com 42 facadas, em Petrolina

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) chegou, nesta terça-feira (11), ao autor do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *