quinta-feira , 18 agosto 2022

Canhotinho-PE: Jovem se destaca no motocross e é uma das promessas do esporte

O jovem canhotinhense Gabryell Calado, 21 anos é uma promessa dentro do “universo” do motocross.

Gabryell tem uma história de perseverança, altos, baixos e de muito amor ao esporte e que inspira. Confira a história do jovem atleta:

“Decidi que ia ser piloto de motocross desde os 11 anos de idade, quando, aqui em nosso município, ocorreu uma corrida de motocross de emancipação, lá no centro social, no ano de 2011, e eu fiquei fascinado e apaixonado por aquilo.Meus primeiros contatos com a moto no meio off-road foi no ano de 2015, através das trilhas, porém, sempre fui um pouco afoito e sempre em busca de adrenalina e, nas trilhas, eu ia acabar me machucando, e o que eu queria era correr, queria ser piloto, e isso nunca saiu de minha cabeça.Comecei a praticar o motocross no final de 2015 e me apaixonei desde o primeiro dia que entrei em uma pista. Comecei treinando escondido dos meus pais, pois não tinha aprovação deles para praticar o esporte, mas o amor ao esporte sempre falou mais alto e eu sentia que tinha que fazer acontecer. Ia treinar em uma pista pequena que existe no bar lagoa azul, em Olho D’água. Comecei em uma Xre 300 adaptada para trilha que eu tinha, mas eu era ‘terrível”; a moto era muito pesada e eu nem sabia pilotar direito, ela “pendia” e eu caia, pois não podia com o peso dela (risos). Não tinha muita noção no começo de como fazer e de como realmente era o esporte, só sentia a vontade e a paixão a cada vez que andava. Também tinha a dificuldade pois não contava com muitos recursos para pilotar e fazia o que podia com o que tinha, pois eu andava escondido.Minha primeira corrida foi nessa mesma pista, em Olho D’água, em abril de 2016, mas foi um fiasco, fiquei em último e ainda “levei voltas”, mas não desanimei, pois sempre soube onde eu queria chegar. Continuei treinando e me dedicando ano após ano. Participava de uma corridinha aqui, outra ali, mas nunca com resultados expressivos, sempre andava “lá pra trás”. Comecei a ter uma evolução considerável no final de 2017, pois tinha trocado de moto, agora estava com uma Crf 230, que é uma moto mais maneira e bem acertada, mas, infelizmente, no começo de 2018, durante um treinamento, tive uma fratura na tíbia e passei uns longos e dolorosos quatro meses sem subir em uma moto. Quando cai minha preocupação só era quando eu poderia pilotar novamente (risos), mas logo passou e eu comecei a sair para competições fora mesmo, na segunda metade de 2018, e comecei a ter uns resultados melhores, graças a Deus. Em 2019 participei de um campeonato regional que existia no tempo, chamado Copa Pistão, mas infelizmente perdi uma etapa, mas, mesmo assim, consegui me sagrar vice-campeão regional 2019, mas a verdadeira evolução veio em 2020 e 2021, quando comecei a trabalhar e comecei a realmente investir em mim e no meu esporte, foi aí que minha evolução foi expressiva e crescente. Em 2021 elaborei projeto de patrocínio, fui mais metódico e organizado, assim, consegui apoio de empresários locais para ajudar em minha temporada de corridas de 2021, e como isso me ajudou… foi um salto enorme para mim, foi o ano que eu “girei a chave” e vi que tudo que sonhei, tudo que pedia em orações estava começando a acontecer, mesmo depois de tantos “perrengues” e provações, depois de várias confusões e discussões com familiares, pois nunca conseguiram entender bem, pois só viam o risco do esporte e não toda a beleza que ele proporcionava, hoje um pouco mais “calejado”, eles conseguem me entender um pouco.Já participei de provas nos estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e Rio Grande do Norte.Essa última corrida que participei foi em Canindé de São Francisco, no estado de Sergipe, onde consegui sair com a vitória em minha categoria. Hoje sou piloto na categoria nacional intermediária, mas sempre em busca de evolução. Queria agradecer a todos meu patrocinadores da temporada de 2022 que são eles: Mikael Móveis, Mj Cimentos, MA.Advocacia, Dr Claucio Fisio, Bolachas Macario, Prata Luminosa, WELLDESING, Kallinemakeup, Marivaldo Motos, Lucas Tech Suspensões, Roi Pinturas e Alex oficina.”

A TV Replay parabeniza o jovem atleta e que essa história sirva de exemplo para que cada vez mais jovens abracem seus sonhos e corram atrás deles.

TV Replay, o que é bom se repete!

Veja Também

Canhotinho-PE: Jovem sagra-se campeão do Campeonato Sergipano de Motocross

O jovem Janiedson Pereira Lucena, 29 anos, nascido em Mossoró e atualmente residindo em Canhotinho-PE, …

Canhotinho-PE: Escola Pe. Callou obteve 1º e 2º lugares nos jogos escolares do Agreste Meridional

A Escola Padre Antônio Callou de Alencar, localizada no município de Canhotinho-PE, participou do evento …

Canhotinho-PE: Vereador Robinho homenageia desportistas do município com medalha de honra

Aconteceu na última terça-feira (17) a 20ª Reunião Ordinária do 1º Período Legislativo de 2022, …

Canhotinho-PE: Vereador faz doação de material esportivo durante torneio de futebol

Aconteceu neste sábado (25), o torneio de final de ano, no Sítio Mucuri, na área …

Canhotinho-PE: Atleta do município ganha o 1º lugar em campeonato de capoeira

Capoeiristas do grupo CECAP (Centro educacional cultural arte e pesquisa), do município de Canhotinho-PE, participaram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *