domingo , 25 outubro 2020

CORONAVÍRUS – Pernambuco registra menor ocupação de UTI em 3 meses

O pico de óbitos e casos do novo coronavírus em Pernambuco foi registrado na semana de 10 a 16 de maio

Reunião sobre os indicadores para reabertura comercial em Pernambuco – Foto: Heudes Regis

O número de leitos ocupados por pacientes com a Covid-19 registrou o menor número nos últimos três meses em Pernambuco, anunciou o Governo do Estado em coletiva online nesta segunda-feira (15). Desde a segunda quinzena de maio, quando o Estado ainda estava em quarentena rígida, o número de leitos disponíveis vem aumentando. Os dados foram anunciados pela Central de Regulação de Leitos em Pernambuco.

Desde o dia 10 de abril, as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) mantinham um registro de mais de 87% da ocupação, que foi o percentual registrado nesta segunda. No momento, segundo a Central, Pernambuco conta com 115 vagas de terapia intensiva disponíveis para o tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus.

A reabertura do comércio foi calculada com base nos dados da Central de Regulação de Leitos em Pernambuco, que apontou o pico de óbitos e casos do novo coronavírus em Pernambuco na semana entre 10 e 16 de maio. Já o sistema de saúde teve a maior demanda por leitos de terapia intensiva na semana seguinte, de 17 a 23 de maio.

De acordo com o governador Paulo Câmara, mesmo com o cenário positivo é preciso manter a cautela. “Analisando os dados, é possível perceber claramente uma redução nas últimas três semanas. São números importantes, mas precisamos manter a cautela e a responsabilidade na condução dos próximos passos. A epidemia não tem se comportado de maneira uniforme em todo o Estado. Tivemos um aumento de demanda por leitos de UTI no Agreste e Zona da Mata, motivo pelo qual essas regiões não acompanharam a reabertura do varejo nesta segunda-feira, como o restante do Estado”, ressaltou. 

O secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, apresentou gráficos sobre a evolução do novo coronavírus no Estado. Nos gráficos, que contabilizam semanalmente as taxas de mortes e contágios pela doença em Pernambuco, é possível visualizar dados da semana de pico da Covid-19 no Estado. Entre 10 e 16 de maio (vigésima semana do ano de 2020, na contagem do Ministério da Saúde) 625 pernambucanos morreram pela doença. Na mesma semana foram 2.150 casos de infecção pelo novo coronavírus registrados em Pernambuco. 

André Longo, secretário de Saúde de Pernambuco, adiantou que o trabalho na saúde não vai diminuir por conta da redução de casos. “Teremos ainda a expansão do número de leitos, tanto na Região Metropolitana do Recife quanto no interior, além do aumento na capacidade de testagem e o reforço da mensagem para que as pessoas continuem fazendo o isolamento social e saindo de casa apenas em casos de extrema necessidade. Ainda teremos um tempo longo de convívio com a doença e todos precisamos nos adaptar”, concluiu

Por Folha de Pernambuco

Veja Também

Médicos fazem alerta para aumento de casos de covid-19 no Recife

Alguns UTIs precisaram ser reativadas na rede particular Coronavírus (Pixabay) Profissionais de saúde ouvidos pela …

Nordeste pode ter segunda onda de Covid-19 nos próximos meses, alerta comitê

Amostras coletadas de pacientes com Covid-19 – Foto: Jeff Pachoud / AFP A segunda onda da pandemia …

Canhotinho-PE: CISTT realizou curso de capacitação para reconhecimento e notificação de intoxicação por agrotóxicos

A Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora do Conselho Municipal de Saúde …

Canhotinho-PE: Justiça determina e candidato a vereador “Cláudio da Compesa” muda o nome na urna – Entenda!

O candidato a vereador, Cláudio Santos, mais conhecido como “Cláudio da Compesa”, terá que mudar …

STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *